terça-feira, 9 de abril de 2013

Droga de Coelho Branco

"Um pouco depois, descobrindo que nada mais acontecera, decidiu ir imediatamente para o jardim; mas, ai da pobre Alice! quando chegou à porta, viu que tinha esquecido a chavezinha de ouro e, quando voltou à mesa para pegá-la, constatou que não conseguia alcançá-la; podia vê-la muito por uma das pernas da mesa, mas era escorregadia demais; tendo se cansado de tentar, a pobre criaturinha sentou no chão e chorou."

E foi assim que Alice se arrependeu pela primeira vez de ter seguido a droga do Coelho Branco.

segunda-feira, 8 de abril de 2013

Um Coelho Branco para mim

"Alice estava começando a ficar meio cansada de estar sentada ao lado da irmã na ribanceira, e de não ter nada que fazer; espiara um ou duas vezes o livro que estava lendo, mas não tinha figuras nem diálogos... Assim, refletia com seus botões (tanto quanto podia, porque o calor a fazia se sentir sonolenta e burra) se o prazer de fazer uma guirlanda de margaridas valeria o esforço de se levantar e colher as flores, quando de repente um Coelho Branco de olhos cor-de-rosa passou correndo por ela"

E foi assim que Alice descobriu, sem querer, o que queria fazer da vida.

segunda-feira, 1 de abril de 2013

postagem #111

quando não se sai do sofá as refeições parecem se fundir no tempo. pra mim não faz 10 minutos que almocei e já são 18:10.

li uns textos sobre crise vocacional.

o negócio da crise é simplesmente que não há absolutamente nenhum sentido em largar o que você já tem organizado e certo por outra coisa que você nem sabe o que é. tem gente que ainda sabe pelo quê vai trocar o seu atual ofício, mas se for como eu, tem medo o suficiente para não se arriscar em dizer. e aí não faz nada.

num dos textos, a pessoa [que não assinou] fala sobre como o medo e a insatisfação fazem muito mal nessas situações. hum... acredite, eu sei. o texto até me disse algumas coisas, sobre como graças a o bom DEUS que eu não tenho controle sobre todas as coisas etc etc... mas depois de explorar um pouco o site eu fiquei com medo e sai. hauahua

enfim... hoje, lá pelas 17h da tarde, eu entrei em pânico. normal. semanalmente isso acontece. com os olhos encharcados fui fazer uma das tarefinhas de casa que a minha terapeuta passou... com colagem. enfim, não sei se era o propósito do negócio me fazer ficar mais calma e menos em pânico e me sentindo menos como bosta, mas funcionou.

tenho que ter paciência.

dawn


Algum dia desses eu vou escrever a música mais bonita da vida pra você que me acorda de madrugada.