quinta-feira, 26 de abril de 2012

Nem todo mundo viu.


Bom bom mesmo é tomar banho de noite em Recife.
Vinte e quatro horas que a caixa d'água fica fritando no sol, você tem água morna de graça.
É quase uma sustentabilidade. E o povo fica fazendo barragem num sei onde, fazendo os índios virar sem-terra/sem-teto/sem-oca pra ter mais energia elétrica. Fala sério.
E depois, é só se secar na brisa morna. Você nem sente frio nem precisa de toalha. Cinco segundos e você não carrega mais nenhuma gota de água no cabelo. Como é massa essa brisa morna de 27 graus celcius.
Praqueles que não sabem o que é vento, ou seja, aqueles que moram no meio de um milhão de prédios, que não dá nem brecha pra um tracinho de azul de céu avistar a terra que seja, vento é aquilo que vem de lá e passa pra lá. Carrega tudo: calor, folha, poeira, dinheiro, cuspe de nuvem e mijo de pombo.
E o céu azul? Dói nas vistas. Né todo mundo que já viu azul de verdade verdadeiro não. Só quem vem em Recife ou foi pra Foz do Iguaçu. Alí dói a mente.
Azul  de verdade é quando dá pra decalcar com os olhos as bordas das nuvens que pintam no céu. Né todo lugar que tem não. Nem em photoshop.
Enfim, vou alí lavar o cabelo enquanto é noite, que quando amanhece, nem sei o que acontece que a água vira gelo líquido. Deus me livre.

quinta-feira, 19 de abril de 2012

go.

you should take a break.
you really should take a break.
work, work, and work. take a break from your mind.
be human. be racional.
take care of your body.
pray for yourself.
make some money.
make your deadline.
go.

terça-feira, 10 de abril de 2012

tudo pra fazer...nada pra vontade

eu abri a página do editor de texto pensando: faz tempo que não posto nada...
mas ai eu comecei a pensar que to suja, que tem um monte de mala no meio do meu quarto precisando ser desmalada, que eu ainda não dormi direito, que tenho que ler artigos, projetos, trabalhos, que não quero fazer nada disso e só quero tocar violão, que eu não sei tocar violão, que eu tenho um monte de coisa que eu quero falar pra todo mundo, que eu sei que ninguém vai entender nada, que alguém vai dizer que to falando merda ou heresia ou pecando contra Deus...
ai dá preguiça de fazer tudo e desisto.

mas meu último mês foi exatamente assim. mil coisas para fazer. tantas, que dava vontade de fazer nada. e assim eu perdi um mês e ganhei três quilos.